Cuidados com o sistema respiratório em temporada de gripes e pandemia de COVID-19

O nariz é a porta para o cérebro e a consciência. O prãna, ou energia vital, que entra no corpo aspirado pelas narinas, é responsável pelas funções sensoriais e motoras. 



Muito antes da chegada do COVID-19, a OMS já alertava para um dado alarmante. Das 10 doenças que mais matam no mundo hoje, 4 são respiratórias (doença pulmonar obstrutiva, infecções respiratórias, câncer pulmão, tuberculose). Não é apenas o seu sistema respiratório que está com problemas. Há algo muito errado com a qualidade do ar que respiramos.



O Ayurveda e o Yoga nos oferecem 3 terapias para cuidar do sistema respiratório, prevenir ou reduzir o bloqueio nasal, a rinite e a sinusite (evitando o uso de anti-inflamatórios, corticoides).

A administração nasal de óleos e ervas ajuda a corrigir os distúrbios energéticos que afetam as funções cerebrais, sensoriais e motoras.  Atua nos pontos energéticos da cabeça, beneficiando as funções imunológicas e psicológicas ao liberar as emoções bloqueadas pelo incorreto fluxo de oxigênio, além de proteger o sistema respiratório das toxinas do ar poluído das grandes cidades. 

1. A inalação de ervas ou óleos essenciais (terapia caseira), indicada em casos de congestão ou inflamação dos seios da face;

2. O nasya – a instilação de óleos herbais nas narinas. Este é indicado para rouquidão, enxaqueca, convulsões, problemas nos ouvidos e da vista, olheiras e tensão no pescoço. Promove uma expressão facial de vitalidade e alivia insônia. O nasya autêntico faz parte de um dos 5 karmas (tratamentos desintoxicantes) e deve ser feito por terapeuta ayurvedico experiente com a indicação médica e com o devido aporte nutricional. Aqui vou oferecer uma opção caseira e mais suave, que você pode incluir na sua rotina para fazer a prevenção de obstrução e inflamação das vias respiratórias.

3. O jala neti – limpeza dos seios da face com soro fisiológico.

INALAÇÃO 

Ferva 1 xícara de água em uma panelinha até começar a borbulhar.

Desligue o fogo, preencha uma xícara com a água quente e posicione-a na sua frente. Pingue 1 gota de cada óleo essencial (eucalipto e/ou melaleuca, manjericão, pinho, hortelã, orégano, tomilho, copaíba – veja as marcas By samia, Ferquima, Lazlo, Do terra). Se tiver ervas frescas à disposição, pode utilizar no lugar dos óleos. Nesse caso, ferva a água com as folhas por 3 minutos. 

Aproxime o rosto do vapor, fechando os olhos para não se queimar.

Cubra a cabeça com uma toalha de rosto fazendo uma “cabaninha” para o vapor não escapar.

Aspire esse vapor herbal profundamente por 5 minutos, até que a água comece a esfriar.

Descanse de olhos fechados por mais alguns minutos. Se proteja do vento.

Aproveite esses minutos para pacificar a mente. Pode fazer esse processo diariamente pela manhã ou noite.

Talvez você possa usar um inalador mas, eu não tenho experiência com esse equipamento...




NASYA (pratimarsha)

Obtenha o óleo para a sua constituição em um vidro opaco de 30 ml com conta-gotas (gergelim para Vata ou kapha, girassol para pitta ou o óleo prescrito pelo terapeuta).

Amorne o óleo em banho maria rapidamente (um jeito muito fácil é encostar o fundo vidro em uma lâmpada de abat jour por alguns minutos). Teste uma gota no dorso da mão para ter certeza de que não está quente demais.

Deite-se com a cabeça para trás. Pingue 2 gotas em cada narina. Esfregue as narinas e aspire o óleo com força. Fique nessa posição por 3 minutos.

Beba 1 xícara de água morna ou chá (pois o óleo pode escorrer pela garganta, causando um leve incômodo). 

Proteja-se do vento na hora seguinte.

Pode manter essa prática diária para prevenção e manutenção do sistema respiratório. Pela manhã, faça antes de comer, ainda com o estômago vazio. À noite, faça antes de se deitar (não assista tv ou celular depois de pingar o óleo).

Pode fazer a inalação e depois aplicar o óleo nas narinas.

JALA NETI

A limpeza dos seios da face com soro fisiológico é um sistema simples e muito eficiente. Pode ser feito diariamente em períodos de crise, ou esporadicamente só para manutenção.

Separe uma quantidade de soro fisiológico morninho (na temperatura do corpo) e um neti poti (ou seringa);

Preencha o neti poti até a metade;

Incline a cabeça para a lateral, encaixe a ponta do neti poti numa narina e respire pela boca enquanto despeja o conteúdo. O líquido sairá pela outra narina naturalmente;

Quando terminar de despejar o líquido, faça expirações fortes para eliminar o resíduo de líquido de dentro das narinas (não tampe o nariz para não fazer pressão excessiva nos ouvidos);

Repita do outro lado;

Faça expirações fortes para eliminar o resíduo de líquido das narinas;

Quando perceber que as narinas estão completamente secas, pode pingar 2 gotas de óleo de gergelim morninho em cada lado para manter a lubrificação e umidade das narinas. Depois, beba um chá morno para aliviar o sabor do óleo na garganta.


Esse procedimento não é aconselhável se você já estiver com as narinas obstruídas ou for uma obstrução crônica.



Se quiser informações mais detalhadas, o David Frawley publicou um livrinho ótimo sobre essa prática (Neti: segredos terapêuticos do Yoga e Ayurveda). A leitura vale a pena.



Um dos principais cuidados com os pulmões é não fumar. Nunca. A estimativa da OMS é que, em 2030, oito milhões de pessoas morrerão por ano por conta desse péssimo hábito, incluindo um grande número de fumantes passivos. O tabagismo é uma epidemia que matou 100 milhões de pessoas no século XX - com mais de 50 doenças relacionadas a ele que poderiam ser evitadas. (saiba mais no link http://ayurvedicamente.blogspot.com/2011/05/dia-mundial-sem-tabaco-bons-motivos.html#more)

IMPORTANTE: Essas orientações são para a prevenção de desequilíbrios respiratórios e a manutenção do sistema. Caso os sintomas persistam ou evoluam para dificuldade de respirar, tosse, febre, procure um médico.

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube
  • SoundCloud Marise Berg
  • InsightTimer Marise Berg

Marise Berg Nutricionista

Página administrada por Co-labore - Produção de Conteúdo