top of page

Será que você sabe relaxar?

"Se nos pedissem agora para relaxar totalmente, saberíamos o que fazer? O significado do verbo é óbvio, ou ele pode ser refinado ao infinito? A prática é fácil como andar ou seria uma habilidade mais complexa a ser desenvolvida?


Relaxar não é tomar caipirinha na praia, não é embotar a mente, não é se entreter, não é ouvir som de cachoeira, não é algo que já sabemos fazer. É algo a ser cultivado, treinado, aprofundado, redescoberto. Sabedoria que perdemos porque confundimos relaxamento com torpor e desatenção, e confundimos ação com tensão e distração.


Ao investigar qual acionamento interno é esse, estamos descobrindo muitos movimentos diferentes, que por imprecisão e também por didática colocamos sob o guarda-chuva da palavra “relaxar”.


Relaxar é…

1) Soltar, largar


2) Não reagir, não responder, não ser arrastado, não se perturbar


3) Deixar ir, deixar passar


4) Desgrudar, descolar, desagarrar, desprender, desapegar, desenganchar, desengatar, desenroscar, descondicionar


5) Parar, ficar, presenciar, silenciar, aquietar, decantar, permanecer, estabilizar, seguir, ter paciência


6) Cessar, cortar, romper, terminar, desligar, resetar


7) Desembaraçar, destrancar, desobstruir, distensionar, desfazer, descontrair, destravar, desmontar, desconstruir, despreocupar, desemaranhar, descomplicar, desimpedir, desfixar, desenlaçar, descongelar, desatrelar, desenredar, afrouxar, alargar, simplificar


8) Não controlar, não resolver, não sustentar, não elaborar, não elucubrar, não comentar, não adicionar, não jogar, não pirar, não manobrar, não manipular


9) Derreter, amolecer, desabar, desmanchar, cair e deixar cair, afundar


10) Dar, abrir, entregar, oferecer


11) Desistir, fracassar, perder


12) Flexibilizar, ceder, permitir, não resistir, dançar, brincar, fluir


13) Repousar, descansar, morar, deitar, não se esforçar, não fazer


14) Exalar, respirar, expandir, ampliar, espaçar


15) Não lutar, não rejeitar, não bloquear, não se debater, não tentar


16) Desocupar, desatarefar, descomprometer, disponibilizar, vagar, desobrigar, desprover, desinvestir


17) Pacificar, serenar, confortar, acalmar, curar, tranquilizar, cuidar, amansar


18) Cultivar uma presença similar a de uma rainha ou um rei sentado no trono: digna, elegante, decente, confortável, imperturbável, firme, gentil, tranquila, franca, simples, cuidadosa, bondosa, atenta


19) Confiar, se entregar, receber, inspirar, se energizar


20) Aclarar, limpar, oxigenar, purificar, iluminar, desobscurecer, destoldar, amanhecer


21) Estalar os dedos, despertar, acordar


22) Sorrir, não ficar sério e sisudo, não fazer disso uma coisa


23) Liberar, libertar


24) Morrer


Não são apenas palavras

A lista acima não surgiu de uma brincadeira de sinônimos. Cada item se refere a uma possibilidade prática, tanto ao fazer um treino formal (deitado ou sentado) quanto ao agir no cotidiano.


Talvez essas palavras apontem diferentes acionamentos que você não havia relacionado com a prática de relaxar, e que podem lhe ajudar a criar mais intimidade com seu mundo interno. E talvez nos ajudem a conversar melhor: quando alguém disser “Relaxar”, se tivermos alguma experiência com a prática, podemos imediatamente entender um desses 24 (ou mais) significados.


Essa capacidade de soltar e não ser arrastado por pensamentos e emoções pode salvar vidas — mesmo, pra valer. Deveríamos nos interessar bem mais em explorar esse universo tão amplo. Pessoas relaxadas naturalmente vão tecer uma cultura mais relaxada e uma linguagem mais clara para conversar sobre a vida, abrindo mais possibilidades de ação, com certeza!


Imagine conviver com uma pessoa que dedicou os últimos anos a incorporar esses “verbos” todos…"

Texto de Gustavo Gitti publicado na Comunidade O lugar https://olugar.org/relaxar-e/


Para treinar o relaxamento, deixo aqui duas práticas em áudio. A meditação para relaxamento foi inspirada nos ensinamentos do Lama B. Alan Wallace e no texto acima do Gustavo Gitti.


A próxima prática é o Yoga Nidra é uma forma de relaxamento muito profundo em que a mente permanece consciente, mas todo o corpo relaxa como se você estivesse dormindo. Ao praticar Yoga Nidra estamos ampliando a ação do sistema parassimpático, aumentando os níveis de serotonina, provocando uma sensação de bem-estar e descanso. Além disso, atuamos de forma consciente no corpo físico, na respiração, pacificamos as emoções e todo o conteúdo de nossos modelos mentais que geram situações de stress e sofrimento em nosso cotidiano.


Para praticar Yoga Nidra, o ambiente deve estar com uma temperatura agradável, ser bem ventilado e livre de distrações externas. Você pode se cobrir com um cobertor ou uma manta, pois a temperatura corporal diminui quando você está em estado de relaxamento profundo. Você deve se concentrar nos passos para o relaxamento que será conduzido, procurando não desviar a sua atenção. Se algum pensamento surgir em sua mente, simplesmente deixe-o ir embora, sem se apegar ou desenvolver nenhuma idéia específica. Se algum desconforto físico lhe tirar a atenção, veja se é possível realizar um pequeno ajuste para que a postura do relaxamento fique o mais confortável possível.


Boa prática. Namastê.


Roteiro de Yoga Nidra desenvolvido por Marise Berg e Flávia Maimoni Ribeiro.

Trilha sonora do Krucis Khan www.kruciskhan.com.

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page