top of page

Como higienizar efetivamente os vegetais?

Atualizado: 25 de out. de 2022

Todos os vegetais (frutas, legumes e verduras), orgânicos ou convencionais, podem estar contaminados com microrganismos. A higiene correta inclui a lavagem em água corrente, o molho em água com solução de hipoclorito de sódio, água sanitária de acordo com as orientações do fabricante ou então água oxigenada. Neste caso, use 1 colher de sopa com água oxigenada 10 volumes para 1 litro de água potável, deixe de molho por 20 minutos (use uma bacia exclusiva da cozinha) e enxague em água corrente.


Também se pode usar uma escovinha exclusiva para essa finalidade e de cerdas macias para remover os resíduos de terra dos frutos mais duros como maçã e cenoura. Esse cuidado é necessário para vegetais que serão consumidos crus, e recomendável para os que serão cozidos.


Deixe-os secar naturalmente e guarde em recipientes plásticos com tampa na geladeira.


Vegetais convencionais (não orgânicos) também podem estar contaminados com resíduos de agrotóxicos. Estes podem ser de dois tipos: de contato, que se fixam apenas na casca dos vegetais, ou sistêmicos, que penetram na polpa. Os de contato serão removidos, em grande parte, pelo processo de higiene descrito anteriormente (a fricção da escovinha). Para os delicados, como as folhas, podem ficar de molho em solução salina (20 g de sal por litro) por 10 minutos, seguida de molho em solução com ácido acético (25 ml de vinagre por litro de água) por mais 10 minutos. Esse processo remove cerca de 30% dos contaminantes de contato. Deixar o limento de molho em uma solução de 1 litro de água e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio por 30 minutos, também ajuda a eliminar parte dos resíduos de agrotóxicos. Os sistêmicos não podem ser removidos da polpa, nem mesmo com receitas milagrosas de tintura de iodo, carvão e argila que circulam na internet.


Importante frisar que reduzir o consumo de vegetais por medo de contaminação não é uma boa estratégia nutricional. Todos os alimentos produzidos em larga escala por sistemas não orgânicos oferecem risco de contaminação por xenobióticos, inclusive grãos, carnes, leite e derivados que são consumidos direta ou indiretamente na preparação de alimentos industrializados. A melhor saída é consumir vegetais orgânicos ou fazer a correta higienização.


A geladeira deve ser limpa uma vez por semana para que os resíduos e odores não contaminem os alimentos. Limpe com detergente ou sabão neutro e verifique sempre a borracha da porta, observando se ela não está ressecada. Coloque folhas de louro ou

carvão dentro da geladeira para absorver os odores de alimentos. O congelador deve ser limpo quando o gelo atingir a espessura máxima de 1 cm ou a cada 30 dias.


Manter o ambiente organizado e ter ingredientes previamente lavados à mão economizará tempo e facilitará o preparo das refeições.


Trecho do livro O céu da boca https://www.mariseberg.com.br/o-ceu-da-boca


Assista aqui um vídeo sobre organização de despensa




69 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page